terça-feira, 17 de março de 2009

REALIZA nosso acampamento.

6 adolescentes saem as 9h da manhã de casa, para um aventurado acampamento. Destino? Barra do Una - Litoral Sul. 3 meninas e 3 meninos, sendo que essas 3 meninas haviam dormido apenas 2 horas na noite passada. Sem ligar para esse pequeno fato, sobem no onibus até Peruíbe, onde ficam, os 6 parados por 2 horas na Rodoviária esperando o onibus para Barra do Una. Nesse meio tempo, comeram, fizem compras, tiraram fotos, conversaram, e cantamos "Tô no celulaar, falando de um baar. Bebi todas pra poder ligaaar, perdi um grande amoor, não sei o que fazer, amigo locutor liguei pra te dizeeeer..." HAHAHA até que o onibus chegou (se é que podemos chamar aquilo de ônibus né).

Simplesmento, tomamos conta do fundo do ônibus inteirinho com pranchas, mochilas, sacolas de supermercado, travesseiros, etc. Começa a nossa tão espera viagem, subimos uma serra que não paraaava de subir, com curvas e mais curvas, e aquele ônibus balançaaava que era uma beleza HAHAHA. Mas tudo bem, a gente não tava nem aí, queriamos mais é chegar logo no "Camping da Tia Lola", derrepente nos animamos com a notícia da Jéssica "Gente, faltam uns 20 minutos só", continuamos andando e cantando "Tô no celulaar, falando de um baar. Bebi todas pra poder ligaaar, perdi um grande amoor, não sei o que fazer, amigo locutor liguei pra te dizeeeer..." HAHAHA e aquele ônibs balançando, balançando e balançando mais um pouco. Parecia que dançavam créu na velocidade 15. Nisso já tinham se passado uns 40 minutos da notícia da Jéssica ¬¬. Pois é, demoramos 2 horas pra chegar, passamos por chuvas, buracos, pontes, curvas, e a pessoa falando "não, agora sim, 20 minutos" hahaha Foi tenso, maaas... Enfim, chegamos! \o/
Começam as picadas. Hora de montar nossa barraca. Tá, como monta? HAHAHA. Não foi tão difícil. Aah, esqueci de contar que quem nos mostrou o caminho do camping escondido, foi a Nina, uma cachorra linda de lá *-*.

Montamos a barraca, levamos mais um pouco de picadas e fomos pra praia. Na hora de voltar esperavamos tomar um delicioso banho, mas quando nos deparamos com um banheiro nojento, lembramos que estavamos num acampamento e que isso não seria possível como imaginávamos. Tudo bem, tomamos nosso banho de gato. Fomos atras de um telefone, pra dar notícia aos nossos pais. E quem disse que conseguimos? É, a cidade não tem linha telefonica, tem 2 orelhões que funcionam através de satélites e por nossa sorte ¬¬ a torre estava quebrada. HAHAHA. Ao voltarmos pra barraca continuo a diversão, acender a fogueira e cantar "Tô no celulaar, falando de um baar. Bebi todas pra poder ligaaar, perdi um grande amoor, não sei o que fazer, amigo locutor liguei pra te dizeeeer..." HAHAHA. Ela tava meio chatinha pra acender, mas foi divertido, conversas, picadas, mais conversas e mais picadas. Ninguém querendo brincar de esconde-esconde ¬¬. Até que um ser chamado Raphael Rollo, resolve que consegue colocar 20 churumelos (vulgo MARSHMALLOWS), na nossa opinião ele deveria ir para o Guinnes Book. Chegaram mais dois participantes do nosso acampamento. Dormimos pouco, acordamos com um puuuta sol, fomos a praia de novo, andamos, subimos nas pedras, e percebemos, como esse lugar é maravilhoso, uma paz sem comparação, uma paisagem sem explicação, simplesmente LINDO.


Andamos, eu e a Jé a praia tooda e ficamos realizadas, até que um certo ser começa a nos seguir, mas tudo bem a gente resolveu rapidinho perguntando coisas inúteis pra um pescados, como: "que isca você usa?", "da pra pescar aqui no raso?", "que tipo de peixe você pega aqui" hahaha. Mas não adiantoou muita coisa, o Kiko (sim, nos conversamos um pouco com ele), justamente porque ele esperou a gente e veio atras. Mas tudo bem, voltamos pro acampamento, tomamos mais e mais picadas, comemos, conversamos, eeeeeeee, cantaaamos "Tô no celulaar, falando de um baar. Bebi todas pra poder ligaaar, perdi um grande amoor, não sei o que fazer, amigo locutor liguei pra te dizeeeer..." HAHAHA. Voltamos pra barraca, ficamos mais um pouco na praia, naquelas pedras MARAVILHOOSAS. Hora de desmontar a barrada. Como guarda? HAHAHA. Descobriremos, tentamos, tentamos, até que finalmente deu certo! hahahaha. Tuuudo pronto pra ir embora, só faltava fazer uma trilha.
Então fui eu e mais os 3 primeiros meninos. Cara, irado. Fomos parar em uma praia linda! Mas infelismente muito suja, eu realmente me revolto com essas pessoas que conseguem sujar essas praias, tudo bem, a gente limpou o máximo que deu, pegando todos os lixos que viamos. Voltamos pro camping e já estavam todos prontos pra ir embora. tomei aqueeele banho de gato HAHAHA. E percebi que eu não estava apenas vermelha, eu estava ROXA. Mas tudo bem, isso são detaaalhes, foi difícil carregar a mochila, mas eu dei o meu jeito lá. hahaha Demos um tchau pro Billy, noosso companheiro que ficava na porta esperando nosso cumprimento e saimos rumo aquela estrada de novo.
Chegamos no ponto onde passava o famoso ônibus para Peruíbe 2 horas antes do horário. Ok, ficamos lá, largados na grama, contando as estrelas, os aviões, e tudo que viamos no céu e continuamos cantando "Tô no celulaar, falando de um baar. Bebi todas pra poder ligaaar, perdi um grande amoor, não sei o que fazer, amigo locutor liguei pra te dizeeeer..." HAHAHA. Sem contar com a melodia sensacional do Rollo e do Alexandre cantando "Micróbios" heoiuaheouiae. Bom, nessas duas horas deitados na grama, vimos vários seres passando com lanternas, já que na cidade não tem luz, houve sumisso por uns instantes de uma das integrantes haha, ninguém quis brincar de esconde-esconde, ficamos com medo de uns caras que seguiram a gente o final de semana toda quando descobrirmos que eles estavam em 8 homens na casa, levamos mais e mais picadas. Enfiiim, o ônibus chegou, em melhores condições do que o primeiro, mas balançando do mesmo jeito. Chegamos em menos tempo também. E terminou ai o nosso Acaaaaaaaamp's :)


Concluímos que, entre stresses e diversões, fogueiras, picadas, mutucas, trilhas, pedras, paisagens, barracas, banheiros nojentos, falta de comunicação, churumelos, miojos feitos na fogueira, rodoviárias e onibus teco-teco, cachorros e placas amigas. Efiiiim, entre coisas e coisas. Podemos dizer que o nosso acampamento foi
S E N S A C I O N A L!!!


Ah tah. Sem mais.

3 comentários:

Jessica disse...

Sensacionaaaallll!!! Mas meu... eu juro que eu tava achando que faltavam 20 minutos. Mas não esperava que o busão fosse até a cachoeira! UHAUSAHSUHA

Leilany disse...

aHAUhauHAUha No próximo eu kero ir heim, adorei a parte da musikinha......kkkkkkkkkkkkkkkk

Raphael disse...

Como que eu só vi isso hoje???
hahahahaha, irado!
e vc esqueceu de falar que eu coloquei os churumelos na BOCA!
hahahahahaha